News

cE3c dinamiza inquérito sobre os espaços verdes de Almada

18/11/2019. Texto de Marta Daniela Santos. Na foto: Parque da Paz, em Almada. ©: Pedro Pinho.

Conhece alguns dos espaços verdes do concelho de Almada? Então precisamos da sua ajuda. Até 29 de fevereiro de 2020, convidamo-lo a responder a um breve inquérito sobre os espaços verdes de Almada e a sua biodiversidade, disponível AQUI. 

O inquérito tem por objetivo recolher informação sobre os espaços verdes mais frequentados de Almada e quais os motivos dessas escolhas, bem como identificar quais os espaços verdes reconhecidos como os mais interessantes ao nível da biodiversidade e aqueles que são evitados pelos residentes do concelho.

Este levantamento está a ser feito em simultâneo com outras seis cidades na Europa, no âmbito do projeto europeu BioVeins - Connectivity of green and blue infrastructures: living veins for biodiverse and healthy cities, do qual o cE3c é parceiro.

O inquérito pode ser preenchido por qualquer pessoa que conheça alguns dos espaços verdes do concelho de Almada, demorando cerca de 10min a preencher. Todos os dados recolhidos são confidenciais, e os resultados ajudarão a informar e apoiar o planeamento e gestão dos espaços verdes de Almada.

Agradecemos a sua participação e a partilha pelos seus contactos!

Other Articles

  • O contrato visa criar um centro interpretativo de ecossistemas dunares em Monte Gordo.

    Project ICNF e FCUL assinam contrato de cooperação com participação do cE3c

  • Cave Animal of the Year 2021 – Portugal

    Project Cave Animal of the Year 2021 – Portugal

  • Primeira edição do Concurso de Fotografia ‘Cigarras de Portugal’

    Project Primeira edição do Concurso de Fotografia ‘Cigarras de Portugal’

  • Já são conhecidos os resultados da primeira edição do Orçamento Participativo do cE3c

    Project Já são conhecidos os resultados da primeira edição do Orçamento Participativo do cE3c

  • Ajude os cientistas a descobrir algumas das cigarras menos conhecidas de Portugal

    Project Ajude os cientistas a descobrir algumas das cigarras menos conhecidas de Portugal