News

Novo estudo explora as relações filogenéticas entre espécies nativas e endémicas da família de plantas Campanulaceae na Macaronésia

12/12/2017. Texto de Marta Daniela SantosNa imagem: Figura 1 do artigo, com a distribuição das espécies em estudo na região da Macaronésia.

Um novo estudo, agora publicado na revista científica Ecology and Evolution, clarifica a origem, diversidade genética e estatuto de conservação da família de plantas Campanulaceae, que ocorre na região da Macaronésia – que engloba os arquipélagos dos Açores, Madeira, Ilhas Canárias e Cabo Verde.

Maria Romeiras, investigadora do cE3c (FCUL), é uma das co-autoras deste estudo, em colaboração com investigadores do CIBIO (Açores), Instituto Superior de Agronomia e Universidade da Madeira.

O artigo encontra-se disponível aqui.


Tags: ESFE

Other Articles

  • Um musgo invasor e a sua história não contada… ou melhor, nunca ouvida!

    Paper Folha de calendário SEBICOP - Um musgo invasor

  • Iconic examples of the outstanding and unique biodiversity found on islands worldwide

    Paper Scientists warn: the unique biodiversity of islands is in peril!

  • Infografia: Jagoba Malumbres-Olarte

    Paper New IBBC Study Shows of the Role of Habitat Type and Dispersal for Island Biodiversity

  • IUCN’s New “Green Status of Species” Measures Impact of Conservation Action

    Paper IUCN’s New “Green Status of Species” Measures Impact of Conservation Action

  • Ruído dos barcos no Tejo está a abafar o canto dos xarrocos

    Paper Ruído dos barcos no Tejo está a abafar o canto dos xarrocos