News

Apresentação pública e lançamento dos novos Colégios da Universidade de Lisboa

10/03/2020. Texto de Marta Daniela Santos. Créditos da imagem: ULisboa.

O Colégio Tropical (CTROP) e o Colégio de Ciências Polares e Ambientes Extremos (POLAR2E) da Universidade de Lisboa foram lançados na passada sexta-feira, 6 de março, na Reitoria da ULisboa. O Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c contribui ativamente para a investigação desenvolvida por ambos os Colégios, através de vários dos seus investigadores.

O Colégio Tropical (CTROP) e o Colégio de Ciências Polares e Ambientes Extremos (POLAR2E) surgem da colaboração de investigadores e docentes de diversas instituições da Universidade de Lisboa. O seu caráter multidisciplinar permite unir esforços na investigação de questões científicas transversais. O cE3c está ativamente envolvido em ambos os Colégios através de vários projetos, investigadores e colaborações interdisciplinares.

Os ambientes e eventos extremos como um desafio para a Humanidade

O Colégio Ciências Polares e Ambientes Extremos (POLAR2E) foi apresentado por Gonçalo Teles Vieira, seu Diretor, investigador do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT). O Colégio POLAR2E reúne diversos centros de investigação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (Ciências ULisboa), do IGOT e do Instituto Superior Técnico (IST), bem como a Rede Temática Interdisciplinar do Espaço da ULisboa e diversos laboratórios. Terá como focos de estudo a Antártida, o Ártico e eventos e ambientes extremos – não só na Terra, mas também no Espaço.

Como melhorar os modelos climáticos globais e regionais? Porque estão a aumentar os fenómenos extremos de calor a uma taxa tão acentuada? Quais os impactes das mudanças globais na biodiversidade terrestre e marinha em ambientes extremos?  Estas são algumas das questões para as quais o Colégio POLAR2E vai contribuir, procurando para isso criar sinergias científicas e tecnológicas e consolidar a massa crítica nas ciências polares, ciências planetárias e astrobiologia.

Para além do cE3c, também o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente – MARE e o Instituto Dom Luiz – IDL de Ciências ULisboa integram o Colégio POLAR2E, do qual Cristina Branquinho (cE3c-FCUL) faz parte da Coordenação.

Os desafios societais nas regiões tropicais

A apresentação do Colégio Tropical (CTROP) esteve a cargo da sua Coordenadora, Ana Isabel Ribeiro, investigadora do Instituto Superior de Agronomia (ISA). Ao longo dos próximos três anos, o Colégio Tropical pretende desenvolver uma estratégia transdisciplinar com vista à resolução dos desafios societais nas regiões tropicais, reforçando o papel da ULisboa na diplomacia científica.

O Colégio Tropical reúne na sua equipa mais de uma centena de investigadores de diversas instituições como Ciências ULisboa, o Instituto de Educação, a Faculdade de Medicina Veterinária, a Faculdade de Letras, a Faculdade de Medicina, a Faculdade de Motricidade Humana, o ISA, o IGOT e o IST.

Para além da promoção da excelência da investigação e do desenvolvimento de parcerias estratégicas, também o reforço da educação é um dos objetivos do Colégio Tropical. Nesse sentido, para além de uma estratégia de formação avançada, destaca-se entre os objetivos previstos a instalação de um centro de formação preferencialmente num país da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e em coordenação com o Instituto Camões.

Colégios com áreas de investigação que se relacionam

O lançamento oficial contou também com uma intervenção de António Manuel da Cruz Serra, Reitor da Universidade de Lisboa, que destacou a qualidade das várias propostas submetidas neste concurso. Já Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, destacou a maturidade revelada pela comunidade científica da ULisboa nestas propostas, bem como a relevância e atualidade dos objetivos dos dois Colégios.

A cerimónia terminou com uma mesa-redonda sobre as áreas de investigação dos dois Colégios, com a participação dos investigadores Manuel Correia (ISA), Miguel Prudêncio (FMUL), Zita Martins (IST) e João Canário (IST), numa conversa moderada por Ana Isabel Ribeiro e Gonçalo Teles Vieira.

Other Articles

  • Encontro Anual cE3c 2020: Sessão aberta ao público a 2 de outubro

    Conference Encontro Anual cE3c 2020: Sessão aberta ao público a 2 de outubro

  • Dia do Microrganismo 2020: a importância dos microrganismos no dia-a-dia

    Conference Dia do Microrganismo 2020: a importância dos microrganismos no dia-a-dia

  • Dia da Ecologia 2020 no cE3c

    Conference Dia da Ecologia 2020 no cE3c

  • Encontros Scientia: agora online!

    Conference Encontros Scientia: agora online!

  • Dia Mundial da Abelha: 20 de maio de 2020

    Conference Venha celebrar connosco o Dia Mundial da Abelha, a 20 de maio!