News

Abandono de salinas tradicionais facilita degradação de comunidades vegetais e invasão por chorão-da-praia

22/03/2019. Texto de Sergio Chozas, editado por Marta Daniela Santos. Fotografia da autoria de Rosa Chefaoui.

Um novo estudo agora publicado na revista científica Applied Vegetation Science explora como o abandono das salinas está a condicionar o desenvolvimento das comunidades vegetais do Parque Natural da Ria Formosa, no Algarve.

Nos países mediterrânicos, a exploração de sal tem sido praticada ao longo dos séculos. No entanto, nas últimas décadas registou-se o abandono de grande parte das salinas tradicionais.

No estudo agora publicado, os investigadores exploraram como o abandono das salinas do Parque Natural da Ria Formosa, no Algarve, está a condicionar o desenvolvimento das comunidades vegetais da região. Os investigadores descobriram que a cobertura do chorão-da-praia (Carpobrotus edulis), espécie exótica invasora, quadruplicou na última década, verificando-se que a composição das comunidades vegetais e a cobertura do chorão-da-praia variam com o gradiente de salinidade e humidade do solo criado pelo abandono das salinas.

De forma geral, o abandono de salinas facilitou a transição de comunidades de plantas halófilas para comunidades de areias. Os resultados indicam que a manutenção das salinas tradicionais é de grande importância para a conservação das comunidades biológicas halófilas.​

Este estudo resulta da colaboração entre Rosa Chefaoui, investigadora do CCMAR – Centro de Ciências do Mar (Universidade do Algarve), e Sergio Chozas, investigador do cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

Referência do artigo:

Chefaoui, R. M. and Chozas, S. (2019), Abandonment of traditional saltworks facilitates degradation of halophytic plant communities and Carpobrotus edulis invasion. Appl Veg Sci. Accepted Author Manuscript. doi:10.1111/avsc.12436

Other Articles

  • Biologia e Geologia: como os líquenes permitem data superfícies rochosas

    Paper Biologia e Geologia: como os líquenes permitem data superfícies rochosas

  • Distanciamento social face à COVID-19 pode constituir uma faca de dois gumes para microbioma humano

    Paper Distanciamento social face à COVID-19 pode constituir uma faca de dois gumes para microbioma humano

  • Estudo explora relação entre vinculação entre mães e filhos e a toma de antibióticos na infância

    Paper Estudo explora relação entre vinculação entre mães e filhos e a toma de antibióticos na infância

  • Foram registados pela primeira vez sons produzidos por peixes no monte submarino Condor, nos Açores

    Paper Foram registados pela primeira vez sons produzidos por peixes no monte submarino Condor, nos Açores

  • Carros como ferramenta para monitorizar e proteger a biodiversidade

    Paper Carros como ferramenta para monitorizar e proteger a biodiversidade