News

Seminário Final do Projeto LandUnderPressure

Download:

O projeto LandUnderPressure chega ao fim na próxima terça-feira, 19 de março, num evento de participação gratuita (mediante inscrição prévia aqui) no Pavilhão Multiusos de Mértola, co-organizado entre o CE3C-Ciências ULisboa e a ADPM - Associação de Defesa do Património de Mértola, com as intervenções de Cristina Branquinho, Alice Nunes e Inês do Rosário. A iniciativa assinalará igualmente o término do Programa Territorial +SOLO +VIDA, ambos financiados ao abrigo das EEA Grants. 

O projeto LandUnderPressure centrou-se nas áreas de montado de sobreiro e azinheira, com o objetivo principal de contribuir para evitar, mitigar e restaurar áreas sob pressão, visando combater a desertificação e aumentar a resiliência às alterações climáticas. A sua coordenação esteve a cargo do CE3C em representação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

A implementação do projeto ocorreu em duas escalas distintas:

Escala Regional: abrangendo todas as zonas do Alentejo mais árido, foram realizadas análises para determinar o nível de produtividade de referência do montado. Estudaram-se as tendências de aumento ou diminuição dessa produtividade ao longo dos últimos anos, procurando dar suporte a políticas relacionadas com a Neutralidade da Degradação das Terras e assegurar a sustentabilidade ambiental e a gestão adequada dos recursos naturais.

Escala Local: A este nível, foi realizado um ensaio piloto de restauro na Herdade da Coitadinha, localizada em Barrancos e gerida pela EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva. Este processo envolveu a implementação de práticas de gestão do pastoreio, rumo à regeneração do montado. A gestão cuidadosa do pastoreio pode ter um impacto significativo na saúde do ecossistema, na fertilidade do solo, na prevenção da erosão, na regulação climática e na preservação da biodiversidade.

O LandUnderPressure permitiu igualmente demonstrar como a regeneração do montado pode potencializar diversos serviços de ecossistema, incluindo a valorização do turismo de natureza. Para alcançar esses objetivos, o projeto contou com parcerias estratégicas, incluindo o Instituto Politécnico de Bragança e o Instituto de Conservação do Solo da Islândia.

Os resultados obtidos foram significativos, dado terem permitido identificar as áreas mais vulneráveis à desertificação à escala regional e quantificar os benefícios das medidas de restauro baseadas na gestão do pastoreio para a saúde e os serviços de ecossistema do montado. De uma forma geral, contribuíram definitivamente para o aumento da resiliência do montado e do Alentejo.

___________________

Notícia por Rúben Oliveira, Gabinete de Comunicação CE3C


Tags: eChanges montado restoration ecology ecosystem restoration desertification alentejo

Other Articles

  • Implementing an integrated system to enhance genomic surveillance of emerging and reemerging viral threats in South America

    Conference Implementing an integrated system to enhance genomic surveillance of emerging and reemerging viral threats in South America

  • The evolution of developmental biases explains 80 million years of divergent phenotypic rates

    Conference The evolution of developmental biases explains 80 million years of divergent phenotypic rates

  • Genomic dynamics and evolution of bacteria and microbial communities

    Conference Genomic dynamics and evolution of bacteria and microbial communities

  • Soil thermophilic as plant growth promoting rhizobacteria

    Conference Soil thermophilic as plant growth promoting rhizobacteria

  • EU-funded LIFE projects influence in land use/land cover changes in insular ecosystems: the case-study of São Miguel island (Azores)

    Conference EU-funded LIFE projects influence in land use/land cover changes in insular ecosystems: the case-study of São Miguel island (Azores)