News

Rui Perdigão eleito membro correspondente da Academia de Ciências de Lisboa

28/01/2021. Texto de Raquel Salgueira Póvoas e Marta Daniela Santos. Notícia também publicada na página de Ciências ULisboa.

Rui Pita Perdigão, coordenador do grupo de investigação ‘Climate Change Impacts, Adaptation and Modelling – CCIAM’ do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais - cE3c, foi eleito membro correspondente da Academia de Ciências de Lisboa para a área da Física.

“Rui Pita Perdigão é um cientista e professor com um excelente currículo, tanto a nível científico como de ensino, inovação pedagógica e gestão universitária”, declara a Academia de Ciências de Lisboa sobre esta eleição, que teve lugar em dezembro de 2020.

“Sinto-me muito feliz pelo acolhimento numa família académica tão ilustre e pelo reconhecimento académico e científico que tão distinta honra acarreta, em especial tratando-se de Física. Tal como sucedera aquando do lançamento do meu instituto e outras distinções internacionais, uma vez mais são as mentes mais brilhantes e abertas, aqui os estimados membros da Academia, a ter a visão e discernimento para apreciar o meu percurso altamente não-linear bem como a nova área da Física que semeei na minha cátedra interuniversitária e que tenho vindo a nutrir científica e pedagogicamente ao longo dos últimos anos, dentro e fora do meio universitário, declara Rui Pita Perdigão.

Sobre esta eleição, Filipe Duarte Santos, investigador do cE3c em Ciências ULisboa e membro efetivo da Academia de Ciências de Lisboa, refere: “Rui Perdigão está também envolvido no desenvolvimento de produtos pioneiros em tecnologias emergentes de informação para análise, modelação e previsão, bem como tecnologias quânticas para as ciências geofísicas, com especial destaque para a monitorização e deteção precoce de fenómenos extremos a partir do espaço. As implicações para investigação e serviços inovadores em clima são promissoras”

O percurso científico “não-linear”, nas palavras do próprio

Rui Perdigão é doutorado em Física por Ciências ULisboa, doutoramento esse que desenvolveu no Instituto Dom Luiz e em centros de investigação estrangeiros – incluindo o NURC-NATO, em Itália, e o RMI-SpacePole, na Bélgica – e que concluiu com Distinção e Louvor em 2010.

Foi pioneiro em novos caminhos na física interdisciplinar dos sistemas co-evolutivos complexos, que passam por avanços fundamentais na ciência não-linear para enfrentar desafios urgentes enfrentados pela sociedade e pelo meio ambiente.

Atualmente, Rui Pita Perdigão é fundador e professor titular da cátedra interuniversitária de Fluid Dynamical Systems em Viena, na Áustria - cidade onde vive -, bem como fundador e diretor do Centro Interdisciplinar de Ciências de Sistemas Complexos e da Escola Doutoral associada. É também professor do Programa Doutoral em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável – a par com a coordenação do grupo de investigação CCIAM, no cE3c. Como destaca a Academia de Ciências de Lisboa, “[Rui Pita Perdigão] tem vindo a desenvolver toda uma nova área interdisciplinar em Física que lhe tem permitido abordar problemas de dinâmica de sistemas complexos multi-escala de forma matematicamente robusta, fisicamente consistente e tecnicamente eficaz para abordar desafios de enorme complexidade.

Para além destes marcos, Rui Perdigão coordena programas internacionais de grande escala assim como redes de investigação, assina artigos científicos em revistas de referência como a Nature e a Science, assim como faz parte do conselho editorial de revistas científicas internacionais como a Earth System Dynamics da European Geosciences Union, contribuindo, desta forma, para fortalecer pontes de colaboração entre a academia e a sociedade, por meio da ciência, inovação e serviço.

De acordo com a Academia de Ciências de Lisboa, esta distinção traz um maior reconhecimento à sua liderança institucional, nomeadamente na criação de uma nova cátedra e de um instituto. “Rui Pita Perdigão é um cientista e professor com um excelente currículo, tanto a nível científico como de ensino, inovação pedagógica e gestão universitária. (…) A sua paixão e empenho científicos vão agora contribuir (ainda mais), para as veneráveis missões da Academia das Ciências”, declara a Academia.

Leia também o artigo de opinião de Rui Pita Perdigão AQUI.

Other Articles

  • Uma Física que se abre ao mundo para estabelecer pontes

    Others Uma Física que se abre ao mundo para estabelecer pontes

  • O cE3c na Noite Europeia dos Investigadores em 2020

    Others O cE3c na Noite Europeia dos Investigadores em 2020

  • COVID-19: “Estamos mesmo a atravessar uma segunda onda”

    Others COVID-19: “Estamos mesmo a atravessar uma segunda onda”

  • Dia Aberto – Herdade da Ribeira Abaixo – 24 outubro 2020, 14h30

    Others EVENTO CANCELADO: Dia Aberto – Herdade da Ribeira Abaixo – 24 outubro 2020, 14h30

  • A CONCURSO: Duas (2) Bolsas de Investigação de Pós-Doutoramento no âmbito do projeto COVIDETECT

    Others A CONCURSO: Duas (2) Bolsas de Investigação de Pós-Doutoramento no âmbito do projeto COVIDETECT