News

Novo estudo explora as relações filogenéticas entre espécies nativas e endémicas da família de plantas Campanulaceae na Macaronésia

12/12/2017. Texto de Marta Daniela SantosNa imagem: Figura 1 do artigo, com a distribuição das espécies em estudo na região da Macaronésia.

Um novo estudo, agora publicado na revista científica Ecology and Evolution, clarifica a origem, diversidade genética e estatuto de conservação da família de plantas Campanulaceae, que ocorre na região da Macaronésia – que engloba os arquipélagos dos Açores, Madeira, Ilhas Canárias e Cabo Verde.

Maria Romeiras, investigadora do cE3c (FCUL), é uma das co-autoras deste estudo, em colaboração com investigadores do CIBIO (Açores), Instituto Superior de Agronomia e Universidade da Madeira.

O artigo encontra-se disponível aqui.


Tags: ESFE

Other Articles

  • Ecologia e evolução da facilitação entre simbiontes: artigo de revisão abre novas linhas de investigação

    Paper Ecologia e evolução da facilitação entre simbiontes: artigo de revisão abre novas linhas de investigação

  • Novo estudo demonstra que a atual biodiversidade insular só pode ser explicada considerando o seu passado distante

    Paper Novo estudo demonstra que a atual biodiversidade insular só pode ser explicada considerando o seu passado distante

  • Cientistas alertam para falta de regulamentação na utilização de abelhões polinizadores nas estufas

    Paper Cientistas alertam para falta de regulamentação na utilização de abelhões polinizadores nas estufas

  • Novo estudo revela o impacto das alterações dos recursos hídricos subterrâneos no desempenho fisiológico das plantas

    Paper Novo estudo revela o impacto das alterações dos recursos hídricos subterrâneos no desempenho fisiológico das plantas

  • Primeiro estudo sobre a ecologia da alimentação das tartarugas verdes da África Ocidental

    Paper Primeiro estudo sobre a ecologia da alimentação das tartarugas verdes da África Ocidental