News

Na Amazónia existem mais de 160 espécies de morcegos. E o Guia de Campo para os Morcegos da Amazónia, hoje publicado, permite conhecê-las todas.


Photos Gallery

5/09/2016. Texto por Marta Daniela Santos, com base em comunicado de imprensa.

É hoje publicado em formato digital o Guia de Campo para os Morcegos da Amazónia, da autoria de uma equipa internacional de investigadores, entre os quais se encontram três investigadores cE3c – Adrià López-Baucells, Ricardo Rocha e Jorge Palmeirim. Este guia pode ser descarregado gratuitamente aqui e será continuamente melhorado à medida que nova informação estiver disponível.

Com mais de 160 espécies descritas, a Amazónia alberga a mais rica comunidade de morcegos de todas as florestas tropicais (como comparação, existem 45 espécies de morcegos na Europa). O Guia de Campo para os Morcegos da Amazónia pretende facilitar a identificação destes mamíferos voadores, uma tarefa que se afigura especialmente difícil se pensarmos que numa única área desta floresta chegam a coexistir mais de 100 espécies.

Este vídeo-teaser revela uma amostra dos 3 anos de trabalho de campo que estiveram por detrás deste guia:

Vídeo produzido por Madalena Boto, com música de Of Monsters and Men.

O guia foi planeado e escrito por uma equipa internacional de investigadores, entre os quais três investigadores cE3c, e tem como público-alvo não apenas a comunidade científica mas também empresas de estudos de impacto ambiental e qualquer pessoa que esteja interessada em morcegos da Amazónia. Publicado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazónia (INPA), este guia é baseado em inúmeras chaves taxonómicas previamente existentes e em vários anos de trabalho de campo na Amazónia Brasileira, nomeadamente no Projeto de Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF).

Embora publicado hoje, este guia está longe de ser um produto final: será continuamente atualizado à medida que nova informação for ficando disponível. Pode ser consultado em tablets e smartphones; as hiperligações permitem uma navegação fácil e, uma vez identificada a espécie, direcionam o leitor para a página da espécie na base de dados da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN).

 


Tags: CE

Other Articles

  • cE3c envolvido no Programa de Cooperação entre ULisboa e Parque Nacional da Gorongosa, que permite oferta de equipamento para apoiar café da Gorongosa

    Project cE3c envolvido no Programa de Cooperação entre ULisboa e Parque Nacional da Gorongosa, que permite oferta de equipamento para apoiar café da Gorongosa

  • Estamos à procura de voluntários em Lisboa para campanha de ciência-cidadã!

    Project Estamos à procura de voluntários em Lisboa para campanha de ciência-cidadã!

  • Rede europeia ECOLISE publica novo relatório

    Project Rede europeia ECOLISE publica novo relatório

  • Estratégias e medidas de adaptação e sustentabilidade do Montado a 8 de maio em Grândola, na Herdade da Ribeira Abaixo

    Project Estratégias e medidas de adaptação e sustentabilidade do Montado a 8 de maio em Grândola, na Herdade da Ribeira Abaixo

  • Primeiro passo para a criação da Rede Portuguesa de Restauro Ecológico

    Project Primeiro passo para a criação da Rede Portuguesa de Restauro Ecológico