News

A maior conferência europeia sobre alterações climáticas chega em 2019 a Lisboa, e o cE3c está ativamente envolvido na sua organização

31/01/2019. Texto adaptado do comunicado de imprensa disponibilizado pela ECCA 2019.

Lisboa foi a capital escolhida pela Comissão Europeia para receber a maior conferência científica europeia sobre alterações climáticas: a ECCA - European Climate Change Adaptation, que terá lugar entre 28 e 31 de maio de 2019 no Centro Cultural de Belém. O cE3c (FCUL) está ativamente envolvido na sua organização, através de vários dos seus investigadores.

As alterações climáticas são consideradas por muitos como o grande desafio do século XXI. A sua dimensão apela à investigação de respostas eficazes para a redução dos riscos ambientais e sociais associados, assim como de soluções que promovam um futuro seguro para os seres humanos e ecossistemas.

Sob o lema Working together to prepare for change, a ECCA 2019 tem como principal objetivo a divulgação de soluções propostas nas áreas da adaptação às alterações climáticas e da prevenção e redução de risco de desastres provocados por eventos extremos. Com o intuito de promover o aumento da resiliência climática das sociedades, será dado especial destaque à transferência de conhecimento entre a ciência e a inovação, às políticas públicas e às boas práticas.

É a primeira vez que esta conferência bienal é organizada numa cidade do sul da Europa, dando seguimento ao sucesso alcançado nas edições anteriores em Hamburgo (2013), Copenhaga (2015) e Glasgow (2017).

A ECCA 2019 terá como temas centrais:

  • Dados, métodos e abordagens na adaptação às alterações climáticas e na redução de risco de desastres,
  • Co-produção de conhecimento, soluções e serviços,
  • Comunicação, partilha de informação e apoio à decisão,
  • Instituições, governança, cidadãos e justiça social,
  • Desafios climáticos globais,
  • Gestão do risco climático e resiliência.

São esperados cerca de 1000 participantes, entre investigadores, decisores políticos, autoridades e agências nacionais, regionais e locais com responsabilidade na implementação de planos e medidas de adaptação às alterações climáticas e organizações não-governamentais. Contará ainda com o setor empresarial, do empreendedorismo e de start-ups associadas a serviços climáticos

A ECCA 2019 é organizada por três projetos de investigação e inovação europeus (Horizonte 2020):

- PLACARD - PLAtform for Climate Adaptation and Risk reDuction (http://www.placard-network.eu/), coordenado pela FCiências.ID, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e do qual fazem parte os investigadores do cE3c Mário Pulquério, Tiago Capela Lourenço, Julia Bentz, Ana Lúcia Fonseca e Susana Marreiros.

- BINGO - Bringing INnovation to onGOing water management (http://www.projectbingo.eu/), coordenado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil; e

- RESCCUE - RESilience to cope with Climate Change in Urban arEas (http://www.resccue.eu/) coordenado pela AQUATEC - SUEZ Advanced Solutions, sediada em Barcelona, em nome da Comissão Europeia.

A ECCA 2019 conta com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e do Ministério do Ambiente, entre outros.

Podem acompanhar as mais recentes informações sobre a conferência em

https://www.ecca2019.eu/ e

Twitter: @ECCA2019

Other Articles

  • Frontiers in E3: um balanço da edição de 2019 do Encontro Anual do cE3c

    Conference Frontiers in E3: um balanço da edição de 2019 do Encontro Anual do cE3c

  • O cE3c no Encontro Ciência 2019

    Conference O cE3c no Encontro Ciência 2019

  • Cerca de 1200 pessoas discutiram adaptação às alterações climáticas na ECCA 2019

    Conference Cerca de 1200 pessoas discutiram a adaptação às alterações climáticas na ECCA 2019

  • Encontro Anual cE3c 2019: Conferências Plenárias abertas ao público a 1 e 2 de julho!

    Conference Encontro Anual cE3c 2019: Conferências Plenárias abertas ao público a 1 e 2 de julho!

  • Mais recentes avanços sobre Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais em debate em Lisboa a 1 e 2 de julho

    Conference Mais recentes avanços sobre Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais estiveram em debate em Lisboa a 1 e 2 de julho