News

XXII Simpósio de Botânica Criptogâmica em Lisboa, organizado pelo cE3c

26/11/2018. 

O XXII Simpósio de Botânica Criptogâmica terá lugar em Lisboa, entre 24 e 26 de julho 2019, organizado pelo Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa). Em breve serão anunciadas mais informações sobre registo e submissão de resumos.

Este simpósio bienal irá reunir especialistas em fungos, algas, líquenes, briófitos e fetos para discutir a investigação mais recente sobre sistemática criptogâmica, fisiologia e ecofisiologia, aplicações e tecnologia e ecologia das alterações urbanas, tropicais e globais.

É fortemente encorajada a participação de investigadores e estudantes da área de botânica criptogâmica, bem como profissionais privados e públicos, para promover o intercâmbio de conhecimentos técnicos e científicos nesta área.

A Comissão Organizadora deste Simpósio é formada pelos investigadores do cE3c Cristina Branquinho, Paula Matos, Pedro Pinho, Juliana Monteiro e Helena Serrano.

O Simpósio terá lugar imediatamente antes do 15º Congresso da Federação Europeia de Ecologia (EEF), que se realiza também em Lisboa, entre 29 de julho e 2 de agosto 2019.

Mais informações disponíveis serão em breve anunciadas em http://criptogamica2019.rd.ciencias.ulisboa.pt/

Other Articles

  • Genotype to Phenotype  of the Immune Response

    Conference Genotype to Phenotype of the Immune Response

  • Assessing the wider implications of species extinctions: island birds and beyond

    Conference Assessing the wider implications of species extinctions: island birds and beyond

  • Citizen science “biodiversity apps” and connection to nature

    Conference Citizen science “biodiversity apps” and connection to nature

  • Monitoring for Resilient Forests - Needs, Gaps, and Way Ahead

    Conference Monitoring for Resilient Forests - Needs, Gaps, and Way Ahead

  • Sexual selection in plants: what happens after pollen land on the pistil?

    Conference Sexual selection in plants: what happens after pollen land on the pistil?