News

cE3c propõe dois projetos ao Orçamento Participativo Portugal


Photos Gallery

29/06/2018. Texto de Marta Daniela Santos.

Dois dos projetos a votação no Orçamento Participativo Portugal são propostos por investigadores do cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa).

São vários os investigadores do cE3c envolvidos nos dois projetos a votação no Orçamento Participativo Portugal, que promovem o explorar da biodiversidade urbana nos ensinos básico e secundário (no projeto #477) e o desenvolvimento de um sistema nacional de observação e monitorização de atropelamentos de animais silvestres em estradas nacionais e municipais num projeto de ciência cidadã (no projeto #479).

As votações nos projetos a concurso no Orçamento Participativo Portugal tiveram início a 11 de junho e decorrem até 30 de setembro 2018. Qualquer cidadão nacional com idade igual ou superior a 18 anos pode votar, selecionando o projeto da sua preferência no site do Orçamento Participativo Portugal. Em outubro de 2018 serão anunciados os projetos vencedores.

 

#477: Cientistas de Hoje e Amanhã: Explorar a Biodiversidade Urbana no Pátio das Escolas

Para obter mais informações e votar: https://opp.gov.pt/proj/477

Mais informações também na página Facebook https://www.facebook.com/CientistasHojeAmanha/

 

Esta proposta pretende desenvolver um projeto científico e educacional para estudar a biodiversidade urbana, usando os espaços verdes no pátio das escolas como locais de monitorização e investigação ecológica de longo-prazo. Direcionado para os ensinos básico e secundário, este projeto pretende promover o conhecimento na área das ciências, demonstrando a importância dos indicadores ecológicos para a compreensão da qualidade ambiental e dos fatores promotores de alterações ambientais e da participação de estudantes e professores enquanto agentes de monitorização.

Trata-se de um projeto de âmbito regional, a aplicar na Área Metropolitana de Lisboa – nos municípios de Lisboa, Oeiras e Almada – com um prazo previsto de 24 meses e um orçamento previsto de 50 000€.

Investigadores responsáveis: Raquel Mendes, Ana Catarina Luz, Cristiana Aleixo, Cristina Branquinho, Inês Teixeira do Rosário, Margarida Santos-Reis, Otília Correia, Patrícia Tiago (Presidente da Direção do Biodiversity4All; desenvolveu o seu doutoramento no cE3c), Paula Gonçalves e Pedro Pinho.

 

#479: Cidadãos Cientistas: Contribuição para um Sistema de Monitorização de Atropelamentos de Animais Silvestres em Portugal

Para obter mais informações e votarhttps://opp.gov.pt/proj/479

 

Através desta proposta pretende-se desenvolver um sistema nacional de observação e monitorização de atropelamentos de animais silvestres, em estradas nacionais e municipais, assente num projeto de ciência cidadã.

Qualquer cidadão poderá dar o seu contributo para este projeto – deslocando-se quer de carro, a pé ou de bicicleta –, sendo a participação gratuita, simples e rápida. Os dados obtidos, e a maior abrangência do território, permitirão compreender melhor o impacto das estradas na fauna, e definir e propôr às entidades competentes medidas de mitigação que possam reduzir os atropelamentos.

Trata-se de um projeto de âmbito nacional, previsto para 24 meses, e com um orçamento estipulado de 39 714€.

Investigadores responsáveis: Raquel Mendes, Inês Teixeira do Rosário, Margarida Santos-Reis e Patrícia Tiago (Presidente da Direção do Biodiversity4All; desenvolveu o seu doutoramento no cE3c).

 

O Orçamento Participativo Portugal é, tal como se pode ler na página, “um processo democrático deliberativo, direto e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e que escolhem, através do voto, quais os projetos que devem ser implementados em diferentes áreas de governação”. Esta votação permite aos cidadãos decidir como investir 5 milhões de euros, nos projetos a concurso.

Other Articles

  • Projeto europeu NitroPortugal lança reflexão pública sobre poluição por excesso de azoto

    Project Projeto europeu NitroPortugal lança reflexão pública sobre consequências do excesso de azoto no ambiente

  • Modelar e avaliar alterações climáticas em ilhas europeias: primeira reunião do Grupo de Trabalho Local Açores do projeto SOCLIMPACT

    Project Modelar e avaliar alterações climáticas em ilhas europeias: primeira reunião do Grupo de Trabalho Local Açores do projeto SOCLIMPACT

  • Cerca de 2,5 milhões de dados do Portal de Biodiversidade dos Açores Universidade dos Açores publicados através do GBIF

    Project Cerca de 2,5 milhões de dados do Portal de Biodiversidade dos Açores Universidade dos Açores publicados através do GBIF

  • Banda desenhada portuguesa sobre alterações climáticas a concurso no Prémio “Best Climate Solutions 2018”: votações online decorrem até 15 de outubro

    Project Banda desenhada portuguesa sobre alterações climáticas nomeada para prémio internacional

  • Ponte entre a ação climática europeia e local: projeto BEACON é lançado em Portugal, com o cE3c como uma das instituições coordenadoras em Portugal

    Project Ponte entre ação climática europeia e local: projeto BEACON lançado em Portugal, com cE3c como uma das instituições parceiras