News

Projeto PROSEU: potenciar a participação ativa dos cidadãos na transição energética

16/03/2018. Texto de Inês Campos.

A reunião de arranque do novo projeto Europeu PROSEU, financiado por fundos Horizonte 2020, terá lugar na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa a 22 e 23 de março, reunindo investigadores e representantes de governos locais dos seis países que compõem o consórcio. O projeto, que terá a duração de três anos, aborda o papel dos cidadãos na produção e distribuição de energia renovável e tem como objetivo explorar como o “prosumerismo” pode ajudar a construir um futuro mais sustentável.

Nos últimos anos têm surgido por toda a Europa novas iniciativas energéticas que visam superar a diferença entre investidores, produtores e consumidores. Estes, ao produzir a sua própria energia renovável, tornam-se os chamados "prosumidores". O "Prosumerismo" dá deste modo um novo significado à participação do cidadão, que assume um papel dinâmico e central na transição energética.

Os ‘prosumidores’ locais respondem a um desafio ambiental global, contribuindo de forma concreta para a mudança de um sistema energético dependente de combustíveis fósseis para uma energia limpa e renovável, mas também elaborando novos modelos de negócios, com base na co-produção e na apropriação cooperativa. Isso contribui para o desenvolvimento de novas formas de democracia e transparência na esfera econômica.

O projeto PROSEU - PROSumers for the Energy Union: mainstreaming active participation of citizens in the energy transition - pretende mapear as iniciativas existentes de energia renovável na Europa, analisando os seus quadros regulatórios, identificando esquemas de financiamento inovadores, bem como as principais barreiras e oportunidades para a emergência de novos ‘prosumidores’, trabalhando diretamente, num contexto de experimentação e inovação com os seus "Living Labs".

“Através do PROSEU pretendemos envolver parceiros nas esferas política e empresarial e na sociedade civil. Pretendemos criar uma comunidade de interesse que conecte ‘prosumidores’ com base em iniciativas lideradas por comunidades locais, cooperativas, grupos de consumidores e organizações, governos locais e regionais, empresas e investigadores de toda a União Europeia”, explica Inês Campos, investigadora do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e coordenadora do projeto.

O projeto PROSEU é coordenado pelo Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa) e envolve universidades, empresas, e organizações não-governamentais de seis países europeus (Portugal, Espanha, Alemanha, Reino Unido, Holanda e Croácia). A equipa interdisciplinar irá trabalhar em estreita colaboração com iniciativas de prosumidores em toda a Europa, para descobrir quais as estruturas de incentivo que permitirão a integração do Prosumerismo na produção de energia renovável, salvaguardando a participação dos cidadãos, de forma inclusiva e transparente.


Tags: CCIAM

Other Articles

  • Ajude a conhecer melhor as cigarras de Portugal com o seu telemóvel

    Project Ajude a conhecer melhor as cigarras de Portugal com o seu telemóvel

  • Workshop sobre anfíbios e répteis de Portugal reúne especialistas na FCUL no âmbito do projeto PORBIOTA

    Project Workshop sobre anfíbios e répteis de Portugal reúne especialistas na FCUL no âmbito do projeto PORBIOTA

  • cE3c envolvido no Programa de Cooperação entre ULisboa e Parque Nacional da Gorongosa, que permite oferta de equipamento para apoiar café da Gorongosa

    Project cE3c envolvido no Programa de Cooperação entre ULisboa e Parque Nacional da Gorongosa, que permite oferta de equipamento para apoiar café da Gorongosa

  • Estamos à procura de voluntários em Lisboa para campanha de ciência-cidadã!

    Project Estamos à procura de voluntários em Lisboa para campanha de ciência-cidadã!

  • Rede europeia ECOLISE publica novo relatório

    Project Rede europeia ECOLISE publica novo relatório