News


Photos Gallery

ALL NEWS

Mini-exposição “Insetos em Ordem” chega ao Centro Ciência Viva do Algarve

4/01/2018. Texto de Marta Daniela Santos. Fotografias da exposição no Centro Ciência Viva do Algarve por Patrícia Garcia-Pereira.

A exposição “Insetos em Ordem”, adaptada a um formato mini, está agora em exibição no Centro Ciência Viva do Algarve até ao final de fevereiro. Esta exposição foi inicialmente produzida pelo cE3c e pelo Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC) como parte do programa de celebrações do Ano Internacional da Biodiversidade em 2010, tendo desde então evoluído nos materiais e recursos que utiliza para se adaptar a novos espaços.

O que são insetos? Como se identificam? Quais as características das ordens mais importantes? Estas são algumas das várias perguntas a que pode ter resposta quem visitar a mini-exposição “Insetos em Ordem” no Centro Ciência Viva do Algarve, até 28 de fevereiro.

A exposição mantém o carácter dinâmico e interativo a que já nos habitou: à chegada os visitantes recebem um inseto verdadeiro, conservado em resina, e passam pela experiência individual de identificação da ordem a que o animal pertence: borboletas, besouros, gafanhotos... No espaço da exposição está desenhada uma chave dicotómica de caminhos coloridos, e o percurso de cada visitante pela exposição vai depender do inseto que escolheu e da observação das suas características morfológicas. Para descobrir mais sobre o mundo da classificação taxonómica dos insetos é possível também consultar o livro “Insetos em Ordem”, disponível online aqui.

A exposição “Insetos em Ordem” foi inicialmente desenvolvida pelo cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (FCUL) e pelo Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC) como parte do programa de celebrações do Ano Internacional da Biodiversidade em 2010.

O formato “mini” resulta da sucessiva adaptação da exposição a novos espaços: após o seu início em 2010, com 600m2, no picadeiro do MUHNAC, a exposição foi adaptada a espaços com um mínimo de 250m2 numa versão produzida para o programa “O Mundo na Escola” (2012/15) do Ministério da Educação e Ciência, através do qual esteve em exibição em 14 cidades de Portugal continental e ilhas. Em 2016 a exposição estreou o seu formato “mini”, adaptada a espaços com um mínimo de 40m2, na Feira do Ar Puro de Grândola.

Após esta temporada no Algarve, a exposição irá regressar a Lisboa, onde a partir de 1 de março ficará patente na Biblioteca Municipal de Marvila.

Para mais informações sobre a exposição, contactar Patrícia Garcia-Pereira.

Other Articles

  • Sónia Duarte, estudante de doutoramento no GBA-cE3c, distinguida com Ron Cockcroft Award na área da proteção da madeira

    Others Sónia Duarte, estudante de doutoramento no GBA-cE3c, distinguida com Ron Cockcroft Award na área da proteção da madeira

  • Introdução à filogenia para professores do secundário, por Octávio Paulo, investigador do cE3c

    Others Introdução à filogenia para professores do secundário, por Octávio Paulo, investigador do cE3c

  • Federica Lucati vence edição de 2018 da Bolsa de Conservação da Sociedade Europeia de Herpetologia

    Others Federica Lucati distinguida com a Bolsa de Conservação 2018 da Sociedade Europeia de Herpetologia

  • Investigadores do cE3c em destaque no magazine Biosfera

    Others Investigadores do cE3c em destaque no magazine Biosfera

  • Fotografia escolhida para nova nota em São Tomé e Príncipe é da autoria de Ricardo Lima, investigador do cE3c

    Others Fotografia escolhida para nova nota em São Tomé e Príncipe é da autoria de Ricardo Lima, investigador do cE3c