News

ALL NEWS

Maria Amélia Martins-Loução é a nova Presidente da SPECO

28/03/2017. Texto de Maria Amélia Martins-Loução, editado por Marta Daniela Santos.

Maria Amélia Martins-Loução, investigadora do cE3c e Professora Catedrática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), é a nova Presidente da Sociedade Portuguesa de Ecologia (SPECO). A investigadora lidera a nova equipa de Direcção, que foi eleita em Assembleia Geral por um período de três anos, no passado dia 20 de março 2017.

Para além da presidente, a equipa directiva conta com mais quatro elementos: Cristina Máguas, Professora Associada da FCUL e investigadora do cE3c; Daniel Montesinos e Susana Gonçalves, investigadores do Centro de Ecologia Funcional (CEF) da Universidade de Coimbra; e Filipa Lacerda, gestora de ciência e tecnologia no MARE da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. 

A nova equipa pretende dar continuidade às actividades encetadas e, sobretudo, aumentar a visibilidade da SPECO na sociedade: "Vamos procurar alargar a nossa esfera de influência a nível nacional, através da descentralização de eventos e de actividades formativas nas escolas, de encontros científicos e debates sobre temas da actualidade", explica Maria Amélia Martins-Loução. 

Para os próximos três anos, a equipa pretende também implementar a participação em infraestruturas nacionais como a rede LTER (Long Term Ecological Research) e o consórcio do PORBIOTA (E-Infraestrutura Portuguesa de Informação e Investigação em Biodiversidade), no sentido de manter e reforçar o seu papel de relevo no conhecimento ecológico holístico das respostas dos ecossistemas perante as alterações globais. A nível internacional, a SPECO pretende solidificar os laços que tem criado junto das suas congéneres europeias, "com vista a colocar a Ecologia e os seus princípios nas agendas políticas e nas directivas europeias de ambiente", esclarece Maria Amélia Martins-Loução. 

Esta eleição marca o regresso da investigadora à Direcção da SPECO, da qual fez parte como sócia fundadora há 20 anos. Maria Amélia Martins-Loução é bióloga, doutorada e agregada em Ecologia pela Universidade de Lisboa e mestre em Comunicação de Ciência pela Universidade Nova de Lisboa. Foi Vice-Reitora da Universidade de Lisboa de 2006 a 2012, Directora do Jardim Botânico do Museu Nacional de História Natural, entre 2003 e 2009, Presidente da Direcção do Museu Nacional de História Natural de 2004 a 2006 e Presidente do Departamento de Biologia Vegetal da FCUL de1999 a 2003.Tem sido coordenadora, consultora e revisora de projetos a nível nacional e internacional. É autora de mais de 200 títulos (capítulos de livros e artigos internacionais) e de mais de 40 artigos de divulgação científica.

 

Press coverage: [InfoFCUL].


Tags: PSE

Other Articles

  • Sónia Duarte, estudante de doutoramento no GBA-cE3c, distinguida com Ron Cockcroft Award na área da proteção da madeira

    Others Sónia Duarte, estudante de doutoramento no GBA-cE3c, distinguida com Ron Cockcroft Award na área da proteção da madeira

  • Introdução à filogenia para professores do secundário, por Octávio Paulo, investigador do cE3c

    Others Introdução à filogenia para professores do secundário, por Octávio Paulo, investigador do cE3c

  • Federica Lucati vence edição de 2018 da Bolsa de Conservação da Sociedade Europeia de Herpetologia

    Others Federica Lucati distinguida com a Bolsa de Conservação 2018 da Sociedade Europeia de Herpetologia

  • Investigadores do cE3c em destaque no magazine Biosfera

    Others Investigadores do cE3c em destaque no magazine Biosfera

  • Fotografia escolhida para nova nota em São Tomé e Príncipe é da autoria de Ricardo Lima, investigador do cE3c

    Others Fotografia escolhida para nova nota em São Tomé e Príncipe é da autoria de Ricardo Lima, investigador do cE3c