News

Estudante de doutoramento do cE3c distinguido em Concurso Anual de Fotografia da Sociedade Britânica de Ecologia

1/12/2018. Texto resultado da colaboração entre Ana Simões (Área de Comunicação e Imagem FCUL) e Marta Daniela Santos.

Adrià López-Baucells, estudante de doutoramento no Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais – cE3c (Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa - FCUL), é um dos premiados na edição de 2018 do concurso anual de fotografia da Sociedade Britânica de Ecologia (BES), Capturing Ecology.

Todos os anos, a Sociedade Britânica de Ecologia (BES) convida investigadores e estudantes de todo o mundo a submeter as suas melhores fotografias ao seu concurso anual, Capturing Ecology, através do qual pretende celebrar a Ecologia. Em cada uma das seis categorias do concurso são distinguidos dois vencedores – um investigador e um estudante.

Adrià Lòpez-Baucells, estudante do Programa Doutoral em Biodiversidade, Genética e Evolução (BIODIV) no cE3c (FCUL), foi o estudante vencedor na categoria principal, com a fotografia Shadows in the sky. No âmbito do seu projeto de doutoramento, sob a orientação dos investigadores Christoph Meyer e Jorge Palmeirim (cE3c), Adrià López Baucells, juntamente com o seu colega Ricardo Rocha (à data estudante de doutoramento no cE3c, atualmente colaborador do cE3c e investigador de pós-doutoramento na Universidade de Cambridge, Reino Unido), viveu durante dois anos na floresta amazónica, capturando e medindo morcegos. Durante uma dessas noites de amostragem de morcegos, Adrià tirou a fotografia premiada.

Shadows in the sky, a fringe-lipped bat sneaking up on a little yellow frog. ©: Adrià López-Baucells and British Ecological Society.

“Essa foto foi tirada em colaboração com o meu querido colega Oriol Massana. Não poderia estar mais grato… Ele ensinou-me tudo o que sei sobre fotografia e também me apresentou a tecnologia de feixe de infravermelho. A ideia dessa imagem nasceu entre nós quando descobrimos pela primeira vez esta espécie de morcego Trachops cirrhosis, comendo as minúsculas rãs amarelas”, recorda Adrià López-Baucells, que comenta ainda tratar-se de uma excelente oportunidade para ajudar na conservação da Amazónia e para conhecer outras pessoas que trabalham no mundo da fotografia da natureza.

Adrià foi também o vencedor da categoria “Indivíduos e Populações”, com duas fotografias: Flying in the rain e Climbing in the tropics. Esta categoria distingue fotografias que transmitam um olhar único para uma espécie no seu ambiente, sozinha ou inserida numa população.

Flying in the rain, a Seba's short-tailed bat in the Brazilian Amazon forest. ©: Adrià López-Baucells and British Ecological Society.

Climbing in the tropics, an anteater in the Brazilian Amazon rainforest. ©: Adrià López-Baucells and British Ecological Society.

As fotografias vencedoras vão ser exibidas na conferência anual da BES, em Birmingham, em Inglaterra, entre 16 e 19 de dezembro e que reunirá 1500 ecologistas de mais de 40 países. No próximo ano estas obras de arte também vão ser tema de uma exposição, a ter lugar na capital de Inglaterra, entre 21 e 27 de janeiro de 2019. Este concurso de fotografia é patrocinado pela editora Wiley e o júri é composto por seis eminentes ecologistas e fotógrafos.

Other Articles

  • Já é possível acompanhar, em tempo real, o estado do tempo na Herdade da Ribeira Abaixo

    Others Já é possível acompanhar, em tempo real, o estado do tempo na Herdade da Ribeira Abaixo

  • cE3c representado na Final Nacional do FameLab Portugal 2019

    Others cE3c representado na Final Nacional do FameLab Portugal 2019

  • Sara Magalhães eleita Vice-presidente da Sociedade Europeia de Biologia Evolutiva (ESEB)

    Others Sara Magalhães eleita Vice-presidente da Sociedade Europeia de Biologia Evolutiva (ESEB)

  • ScientistAtWork 2019: Bárbara Cartagena-Matos é uma das distinguidas no concurso de fotografia da Nature

    Others ScientistAtWork 2019: Bárbara Cartagena-Matos é uma das distinguidas no concurso de fotografia da Nature

  • Catástrofe em Moçambique, Zimbabwe e Malawi: Guardas-florestais do Parque da Gorongosa organizam esforço de resgate após ciclone Idai

    Others Catástrofe em Moçambique, Zimbabwe e Malawi: Esforço de resgate pelos guardas-florestais do Parque Nacional da Gorongosa